» esqueci a senha

Ainda não possui login? Cadastre-se.

notícias e artigos


Incentivar o intraemprendedorismo ajuda empresa a inovar

publicada em 29/07/2011

Professor da IE Business School, da Espanha, Pablo Martin de Holan afirma que é preciso deixar os funcionários errarem para que inovem

 

     Diretor do departamento de gestão empreendedora do Instituto de Empresa (IE), na Espanha, uma das melhores escolas de negócios do mundo, Pablo Martin de Holan, 45 anos, já lecionou em mais de 17 países. Pesquisador de quatro vertentes (novas empresas, empreendedorismo social, negócios familiares e empreendedorismo corporativo), Holan esteve no Brasil neste mês a convite da Fundação Estudar para abordar as atitudes e iniciativas empreendedoras dentro de corporações. Em sua passagem pelo país, concedeu a seguinte entrevista:

 

Como oferecer um bom ambiente para que os funcionários tenham atitudes empreendedoras?

Há muitas coisas que podem ser feitas. É preciso levar em conta que tipo de incentivo os gestores estão dando aos seus funcionários. O que detectamos com nossa pesquisa é que os incentivos que se costuma dar aos funcionários são incorretos e assim as pessoas não vão dar os resultados que se espera.

 

Quais são os melhores incentivos?

É comum nas empresas valorizar as pessoas que não erram, que não tomam decisões equivocadas. O problema disso é que esses funcionários acabam não tomando atitudes que possam ser repreendidas. E, assim, não inovam. Retirar os incentivos incorretos é a primeira coisa a ser feita. E depois diga às pessoas que se animem a detectar oportunidades e transformá-las. Em geral o que recomendamos às empresas é criar um espaço onde as ideias possam florescer. E, quando digo ideia, quero dizer a capacidade de detectar oportunidades e transformá-las em ideias de negócios. As pessoas precisam desse incentivo, mas além disso é preciso que a equipe tenha os recursos necessários para levar essas ideias adiante.

 

Hoje, as empresas aceitam bem funcionários com atitudes empreendedoras?

É difícil generalizar, mas o mercado cada vez mais competitivo requer funcionários com iniciativa. As empresas precisam de pessoas capazes de detectar oportunidades e de transformá-las em negócios. Mas é bem verdade que há organizações muito burocráticas.

 

Que vantagens têm as empresas que incentivam atitudes empreendedoras nas equipes?

Há muitas. Uma delas é que essa empresa estará mais perto do mercado e saberá melhor o que os clientes querem. Essas empresas também se transformarão mais rapidamente do que aquelas que contam apenas com a genialidade dos chefes. É importante que os dirigentes sejam bons, mas muitas oportunidades não são detectadas nesse nível.

 

As empresas que incentivam o intraempreendedorismo são mais inovadoras?

Eu acredito que sim. Elas têm a capacidade de mudar mais rapidamente e se adaptam melhor às necessidades do mercado. Estão mais perto dos clientes e acabam lucrando mais.

 

 

Por PEGN

« voltar
óbile ©